21 de mar de 2011

Dicas para viajar e levar o seu cão com segurança.


Para quem tem cachorro, viajar sem ele pode ser uma tortura. Mas antes de pensar na saudade que vai sentir, é bom saber as maneiras corretas de transportar o seu querido bichinho e também se convém expor seu cão a tais condições. Começando pela distância, uma viagem longa pode estressar o animal que costuma estranhar lugares novos, por exemplo, pode ocorrer episódios de diarréia e perda de apetite, se for o caso apenas da viagem.
Outra dica importante, é quanto ao clima. Cães não suam, e uma viagem de carro por exemplo, pode elevar muito a temperatura corpórea. Então prefira viajar em horários frescos e sempre procure oferecer água ao animal. No avião todos animais são transportados no porão, onde a temperatura é de 22°C. A necessidade de sedação fica a critério do veterinário ou sua, dependendo do caso. Com relação a documentação, cada país tem uma legislação diferente e esses documentos devem ser apresentados à transportadora na hora do embarque.
Em casos de passeio rápido, deve-se lembrar que o animal não pode ser transportado solto em caçambas. Hoje em dia existem cintos de segurança próprios para eles. Também não é permitido que o animal fique solto dentro do veículo em movimento, ou mesmo no colo. Para locomoção segura e livre de infrações ou multas de trânsito, utilize as caixas de transporte ou as cadeirinhas. Fique atento também quanto a vacinação do animal.
Tente não expor seu cachorro a viagens desgastantes e desnecessárias. Animal idoso ou com menos de 4 meses, são mais frágeis e os mais novinhos ainda não recebeu toda vacinação necessária para sua proteção, deixando-o vulnerável a doenças. Nesses casos só o levem se for absolutamente necessário.
Seguindo essas instruções e mantendo-se informado, seu cão com toda certeza vai adorar fazer turismo com você. Sempre com corforto e segurança!